16 Flares Twitter 2 Facebook 1 Google+ 3 Pin It Share 1 LinkedIn 9 16 Flares ×

 

 

As empresas são uma verdadeira caixa de surpresas, pois todos os dias surgem situações que envolvem processos que precisam ser aprimorados ou até substituídos. Quando isso acontece, nem sempre a alta direção está atenta para a “raiz do problema” porque não está próximo ao fato que gerou a situação. Logo surge o questionamento: “Como melhorar esse processo, sem que se precise de um alto investimento?”. A resposta, por vezes, está mais próxima do que muitos líderes imaginam: junto aos colaboradores. Isso porque são eles que vivenciam a realidade da empresa e sabem, em muitos casos, como solucionar questões que aparentemente são complicadas. Diante disso, muitas organizações têm investido em programas que estimulam seus colaboradores a apresentarem sugestões de melhoria interna.

 

 

ideias 1

 

Mas, como motivar seus colaboradores a apresentarem boas ideias para sua empresa? Vamos a algumas dicas?

1 – Todos têm valor a agregar, independentemente do cargo que exerça na empresa. Por isso, é importante que a organização abra espaço para que todos possam apresentar sugestões/ideias de melhoria e vários setores da organização poderão ser beneficiados.

2 – Se todos têm valor a agregar, não guarde isso para si. Utilize esse “mote” como campanha e passe para “frente”. Torne essa campanha democrática e acessível a todos. Muitas vezes, as pessoas sentem-se acanhadas em se pronunciar porque acreditam que não serão valorizadas pela organização. Quebre esse paradigma entre os colaboradores.

3 – Ao divulgar o “Programa de Ideias” preocupe-se em utilizar uma linguem clara e adequada para seu público-alvo. Não adianta formular um belo discurso se ele não será compreendido ou irá gerar uma bagagem expressiva de dúvidas. Isso poderá provocar, logo no início, uma falta de incentivo dos profissionais em participarem da campanha.

4 – Crie um Comitê para avaliar a viabilidade das propostas apresentadas. Esse comitê deve ser formado tanto por membros da diretoria quanto por alguns representantes dos profissionais, que nesse caso podem ser os líderes estratégicos. O que importa é que a formação do comitê mostre a imparcialidade dos membros frente às sugestões apresentadas.

5 – Elabore um regulamento simples, para que as pessoas compreendam como funciona o processo: como as ideias/sugestões devem ser apresentadas, quais os critérios de avaliação que serão levados em consideração no momento de ponderar a viabilidade de cada proposta apresentada. Lembre-se de que as ideias poderão ser apresentadas individualmente ou em grupos. Quem determinará as regras é a empresa, de acordo com sua realidade.

6 – Convoque as lideranças para serem agentes disseminadores do processo. Lembre-se de que sem a participação ativa dos líderes, as chances de que um programa/iniciativa tenha êxito quase inexistem.

7 – Utilizei os canais internos de comunicação, para que os funcionários compreendam como funciona todo o processo. Isso é relevante, para evitar que alguém pense que foi injustiçado por não ter tido a sua ideia “aprovada e implementada” pela empresa.

8 – Disponibilize um canal de recebimento para sugestões que seja viável para seu público-alvo. Se você atua em uma fábrica, talvez uma urna disponibilizada no refeitório seja um ótimo receptor para captar os formulários com sugestões de melhorias.

9 – Alguma ideia apresentada foi avaliada, considerada viável e apresentou resultados positivos para a organização? Então, divulgue o mentor da proposta apresentada para que outras pessoas se sintam estimuladas a fazerem o mesmo.

10 – Quem apresenta ideias gosta de ter seu mérito reconhecido. Então, antes de lançar o programa avalie junto à direção que premiações podem ser dadas às melhores propostas consideradas viáveis para a melhoria da empresa. Há organizações que dão bônus em dinheiro, outras oferecem brindes como vale-cultura que são convertidos em entradas para teatro, cinema, compra de livros. As alternativas são as mais vaiadas. Faça uma pesquisa e veja como o mercado tem se comportado.