23 Flares Twitter 3 Facebook 14 Google+ 4 Pin It Share 0 LinkedIn 2 23 Flares ×

 

O conhecimento é o único acesso a tudo que já aconteceu e que poderá acontecer. É uma espécie de chave para abrir a si mesmo e revelar o que nem a mais delirante mente pôde imaginar e nem a mais precisa das inteligências é capaz de explicar.

É preciso fertilizar o campo para que ele agasalhe as boas sementes e as faça germinar. E é preciso fertilizar a mente para lhe dar matéria e energias essenciais na elaboração do pensamento e na mobilização das diversas inteligências.

Conhecimento 2

Como uma empresa capitalizada, a mente intensifica o seu potencial de respostas. A administração correta do capital baseia-se em premissas que jamais podem ser negligenciadas e, nesse sentido, as recomendações do Professor Benedito Milioni (Capital Intelectual – A fórmula do sucesso), são as registradas a seguir:

1 – Conhecimento não ocupa espaço, amplia os espaços!

2 – Conhecimento não pesa, apenas torna mais leve o fardo das incompreensões e dos equívocos que a espécie humana carrega em sua costas por opção, imposição, vícios de conduta e desconhecimento.

3 – Conhecimento é descoberta, portanto pergunte sobre tudo o que não saiba. Cada resposta que se obtêm nos ensina a perguntar melhor.

4 – Conhecimento é a busca incessante pela verdade, por que em tudo existe a Verdade, mais ou menos ao alcance, há sempre o inevitável momento da compreensão.

5 – Conhecimento é do que se dispõe no momento e o que está à frente, jamais no passado. O que se sabe é informação, é história, é caminho percorrido, portanto já cumpriu o seu papel.

6 – Conhecimento é energia aplicada, jamais verdade acumulada e arquivada; se há troca de conhecimento, há ampliação do conhecimento.

7 – Conhecimento é semente: guardado, seca murcha e vira matéria dura. Quando aplicamos o que aprendemos ou ajudamos a que outros o façam, na verdade estamos em ato de cultivo, pressupondo a germinação e a multiplicação de frutos para saciar todas as formes, a do dia a dia e a do saber.

8 – Conhecimento é bem comum. Ninguém é dono do que se sabe, por que ninguém leva o conhecimento consigo após a morte.

9 – Conhecimento não é fim em si e apenas etapa de tudo. Não existe um conhecimento que resuma tudo o que se saiba e que se possa saber.

10 – Conhecimento não se submete à lei alguma! Pelo contrário, quando não cria as leis, provoca motivos para a formulação de novas leis em todos os campos onde se planta e colhe o alimento e a busca incessante pelo saber!

Por isso, façamos o bom uso do nosso conhecimento pois, como diz o Prof. Milioni, o conhecimento é o que se descobre e que se apresenta com o frescor do novo diante de nossos olhos e nos faz transformar o mundo em que vivemos.

No próximo artigo trataremos das ações  práticas para construção de um poderoso capital intelectual na medida que esta premissas estão assimiladas.